Dá pra mudar nosso jeito de fazer jornalismo?

O Brio, uma plataforma digital especializada em grandes reportagens, mostra que sim.

brio print2

A primeira olhada na página do Brio, um dos veículos independentes que figura na nossa lista de indicações, deixa claro que ali as histórias são fortes e emocionantes. O site, fundado em maio de 2015, por um grupo de três jornalistas, um engenheiro e um designer, deixa de lado a correria do jornalismo diário para se aprofundar em assuntos fortes, contado por um ângulo difícil de se encontrar hoje na grande mídia.

Pra mim, a história que mais expressa a essência do Brio é “A morte do caboclo d’água”, sobre o desastre de Mariana. Contada em cinco atos, a abordagem leva o leitor até o cotidiano das pessoas afetadas diretamente pelo rompimento da barragem. Um texto impecável e instigante, como poucos veículos conseguem publicar.

Veja o trecho do início da reportagem e clique na imagem para acompanhar o restante.

Briotrechosem título-3-2

Breno Costa, um dos jornalistas fundadores e editor executivo do Brio, foi repórter da Folha de São Paulo por quase seis anos. Ele deixou o veículo para se dedicar ao projeto e é um dos convidados do curso Realize. Sim, eu sei que você já está cansado de ouvir a gente falar no Realize, mas é  que são tantas oportunidades bacanas oferecidas pelo curso da Verônica Machado, que a gente não aguenta!!

O Breno é um destes jornalistas que acredita na inovação dentro do jornalismo. Ele e sua equipe apostaram em levar para internet grandes histórias, com uma hora de tempo médio de leitura, em um mundo de conteúdos rápidos e instantâneos. Durante o Realize, ele vai contar um pouco deste processo e responder ao vivo às perguntas dos alunos do curso.

Experiências assim são combustível explosivo para encher a turma de vontade! É que durante o curso, os participantes vão ter a oportunidade de criar suas ideias e coloca-las em prática, com a ajuda da instrutora Verônica Machado e da própria turma, que participa de fóruns e exercícios conjuntos pela internet. Além de discutir os projetos os alunos também vão estudar as formas de monetização na internet. Nós já falamos sobre isso aqui no blog no post 11 formas de ganhar dinheiro com jornalismo na internet, mas no curso a análise é mais aprofundada.

Realize print

Dividido em cinco módulos, o programa vai ajudar jornalistas que querem transformar suas vidas e suas carreiras. São dois meses de uma programação intensa, com aulas em vídeo, webinários (seminários pela internet), fórum e muita interação. O Realize é ideal tanto para os jornalistas que já têm uma ideia e não sabem por onde começar, quanto para os que ainda não têm um projeto desenvolvido, mas anseiam por autonomia e propósito na profissão.

Nós recomendamos o curso porque conhecemos o conteúdo e a competência da instrutora, nossa parceira nesta missão de reinventar o jornalismo e transformar nossa profissão numa real fonte de autonomia e satisfação.

Gostou do conteúdo? Assine nossa lista e receba, em primeira mão, as novidades do Reinventa Jornalista!

About The Author

elainenwzorek

Sou amante de mudanças. Seja pra mudar de país ou pra mudar o lado da cama, estou dentro. Adoro contar histórias e ouvi-las também. Adoro mudar de opinião quando os argumentos me convencem. Amo jornalismo, fotografia, inglês, inspiração, vida e pessoas. Amo Guinness. Amo aprender, sempre!

Comente