Uma jornalista, uma paixão e um canal sobre pets

Detalhe: a paixão dela está em franca expansão no mercado atual!

Hoje, Patrícia Schmidt compreende muito bem as mudanças e tendências do mercado da informação. Mas, foram muitas vivências pra chegar até aqui. Primeiro sentiu os reflexos da crise na profissão e da falta de perspectiva para avançar na carreira. Além de não ter um plano de carreira, a maioria das empresas ainda demite seus jornalistas experientes, quando atingem um salário acima da média.

“Você estuda para ser jornalista, mas acaba se tornando uma guerreira para vencer a batalha diária de sobrevivência nesse mercado.”

A jornalista trabalhou por 20 anos, em revistas, TV e até em campanhas políticas. Todas essas experiências fizeram Patricia ver que acumulava conhecimento no currículo, que não eram valorizados num próximo emprego, e também não construía uma carreira.

“Eu precisava escolher um caminho que gostasse, e seguir.” Conta a jornalista.

Cobertura aniversário do Napoleon / Foto: peTView

Nos últimos cinco anos Patrícia atuou em agências de publicidade e design como redatora e revisora. Mas depois de sair da segunda agência, se deu conta que iria repetir o mesmo caminho. Ser sacada da vaga toda vez que o salário tornasse sua manutenção na empresa insustentável.

Foi a partir daí, que a jornalista entendeu! Só teria segurança a longo prazo, em um negócio próprio. Melhor, se deu conta que podia unir sua paixão por animais à comunicação. Foi então que criou a peTView TV! Um canal no YouTube, que alia entretenimento, informação e produção de vídeos na área pet. Daí em diante, não é que ficou fácil, mas ficou muito mais leve e prazeroso…

capa portfolio

peTView TV

“Eu comecei fazendo hospedagem domiciliar para cães na minha casa, mas ainda achava pouco, eu sabia que poderia utilizar a capacidade de comunicação dos jornalistas para levar ainda mais informação às pessoas apaixonadas pelos animais, como eu”, relembra a jornalista.

No início, Patrícia sonhava com uma carrocinha amiga para resgatar todos os cães da rua, mas a ideia era ousada ASV - retangulardemais para começar. Então, decidiu que ajudaria divulgando as ações das pessoas que já fazem esse trabalho. E assim fundou em junho de 2016, o canal no Youtube da peTView. Começou a produção de vídeos voluntários e hoje já são mais de sessenta vídeos. O foco são orientações, informações, entrevistas com profissionais de pet shop e cobertura de eventos como encontro de raças.

Esses eventos são sempre patrocinados por grandes fabricantes de ração, entre outras industrias. É aí que mora a esperança de tornar o canal, ainda não sustentável, em um veículo rentável. Para isso, Patrícia quer fazer da peTView um grande canal de integração com o público apaixonado por pets. A jornalista sonha com a o investimento de um grande patrocinador para que possa então, se concentrar com mais tranquilidade apenas a produção do conteúdo.

CAPARACAO.001

Vídeo sobre preços de ração / peTView

“Todo início é muito difícil, o mercado te aceita e acha genial a sua iniciativa, mas não te ajuda a decolar, não aposta, não arrisca com você. Mas… ninguém disse que seria fácil”, pondera Patrícia.

O canal no YouTube tem quase 9 meses, é ainda um bebê. As pessoas veem os vídeos mas ainda não têm o costume de se inscrever. Essa é a principal busca da Patrícia atualmente, mais inscritos, é assim que ela ganhará visibilidade com as empresas do segmento. Hoje, a peTView tem quase 300 inscritos. Nas demais redes sociais, como o Facebook e Instagram, o canal tem bem mais fãs. No início a jornalista tinha mais duas sócias, mas perdeu-as para a “batalha diária da vida real”. Agora, luta sozinha para manter o sonho de trabalhar no que gosta.

“Diferente de personalidades famosas que conseguem mais de mil inscritos no mesmo dia em que lançam um canal no YouTube, estamos trabalhando duro para valorizarem o nosso trabalho e, cada conquista de um novo inscrito no canal é muito festejada”, revela a jornalista.

Vídeo desafio maior Golden / peTView

Pelo menos Patrícia não tem muitos custos com a peTView, mas a dedicação é integral. Ela conta que para estar sempre visível no mercado é preciso postar novos vídeos com frequência, o que demanda tempo de planejamento, produção e edição. A bagagem que tem lhe permite fazer tudo, da produção a entrevista e edição.

A busca pela sustentabilidade é diária, atrás de novos clientes ou patrocinadores. Para equilibrar, oferece outros serviços pela peTView, como assessoria de imprensa e produção de conteúdo digital dentro da área pet. “Queremos dar visibilidade às empresas que também acreditam em um mundo melhor para os animais”, conta a jornalista.

Sobre empreender, Patrícia reforça que não é fácil criar um negócio novo com cara e a coragem, sem um bom investimento. Mas, lembra que quando se faz o que gosta e acredita tudo fica mais leve e tem mais chance de dar certo. Pra ela, a profissão de jornalista está ganhando espaço e importância na produção de conteúdo digital. “O mercado precisa de nós”, alerta Patrícia. Por isso, é preciso se reinventar e acompanhar as tendências do mercado da informação, inclusive tornando-se uma youtuber, por exemplo.

A vontade de empreender veio depois de um passaralho e cerca de um ano sem conseguir um novo emprego. Ela percebeu que trabalhar em casa não era um absurdo, e que não precisava daquele ritual diário de sair, faça chuva ou sol, de se estressar no trânsito… Se adaptou rápido e hoje comemora o crescimento de seu canal e a qualidade de vida, que deu um grande salto.

“E isso é que faz valer a pena, estar mais presente na vida dos meus cães e ter maior disponibilidade para levar e buscar minha filha, cuidar da minha mãe, etc.” Revela Patrícia.

ASV - banner horizontal

About The Author

ViRachinski

Inconformada com o conformismo...empenhada em evoluir...adora discutir, no melhor sentido da palavra. Filha de Ivo sábio e Diva guerreira, mãe de Francisco, só o nome já explica. Jornalista, montanhista e em busca de novas trilhas!!!

Comente